Google+ Followers

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Aula Prática: Carta Argumentativa



EREMT – ESCOLA DE REFERÊNCIA EM ENSINO MÉDIO DE TIMBAÚBA


           ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR EM SEQUÊNCIA DIDÁTICA



Disciplinas                                        Professores

- Direitos Humanos                         - Carlos Augusto Silva de Araújo

- Língua Portuguesa                        - Manoel Joaquim da Silva


Envolvidos

Todos os alunos dos 3os Anos do EMI


Turmas

A – B – C – D – E                                                     


Período de realização

1º Bimestre



INTRODUÇÃO


          A interdisciplinaridade deve nortear a formação dos alunos em geral. Segundo Faurez “há ao menos duas ordenações distintas e complementares que estão na base da perspectiva interdisciplinar: a primeira de caráter científico; a segunda de caráter social”. Diante desta observação e visando melhor aprendizagem dos alunos, decidimos organizar uma sequência didática para abordagem do mesmo tema: A carta argumentativa destacando-se problemas sociais locais, desenvolvimento do senso crítico, a leitura e a produção escrita.


OBJETIVO GERAL


Proporcionar aos alunos formas de perceber como os conteúdos se articulam levando--se em consideração a dinâmica dos saberes que os tornará sujeitos ativos e participantes do processo de construção do conhecimento.


OBJETIVOS ESPECÍFICOS


Oferecer condições para que os alunos desenvolvam capacidades e competências relativas à vida em sociedade.

Conhecer através das aprendizagens, a realidade nas quais estão inseridos.

Discutir temas polêmicos sobre questões sociais observadas no entorno da localidade onde vivem.

Produzir uma carta argumentativa e encaminhá-la ao órgão competente.


FOCO DO TRABALLHO

Direitos Humanos: - Saúde pública municipal

                                - Tema: “Direito dos usuários de saúde”

Língua Portuguesa: - Gênero textual: carta argumentativa

                                  - Tema: “A finalidade da carta argumentativa no contexto social”

CARGA HORÁRIA

Direitos Humanos (D. H.): 5 h/a

Língua Portuguesa (L. P.): 6 h/a                                                    


A SEQUÊNCIA DIDÁTICA

SEQUÊNCIA DIDÁTICA
DISCIPLINA(S)
ESTRATÉGIAS
- Observar problemas no sistema de saúde
pública municipal.
D. H.

- Leitura da “Carta dos Direitos dos Usuários da Saúde”.
- Aprender a reivindicar direitos.
D. H.
- Discussão dirigida sobre o tema “Saúde Pública”.
- Comentar sobre carta argumentativa.
D. H. e L. P.
- Exposição dialogada.
- Esquema teórico e exemplos de cartas
argumentativas.
L. P.
- Apresentação da teoria, leitura e comentários.
- Destaque para o valor dos argumentos em um texto.
D. H. e L. P.
- Os argumentos na carta.

- Discutir temas polêmicos.
D. H. e L. P.
- Tempestade de ideias.
- Orientações para a produção das cartas.
L. P.
- Como escrever a carta (passo a passo).
- Acompanhamento no processo de elaboração das cartas.
D. H. e L. P.
- Observação: teor do conteúdo.
- Reescrever o texto.
L. P.
- Releitura e reescrita.
- Apresentar a carta em sala.
D. H.
- Leitura.
- Avaliação das cartas.
D. H. e L. P.
- Correção.
- Correção final das cartas.
L. P.
- Releitura e reescrita.
- Encaminhamento de cartas à Secretaria
Municipal de Saúde.
D. H.
- Destino do documento.



Obs.: As cartas enviadas serão acompanhadas de um documento explicando a finalidade do trabalho escolar, evitando-se assim qualquer tipo de interpretação insatisfatória por parte do destinatário.
 

AVALIAÇÃO

Maior participação dos alunos.

Um novo olhar sobre as questões sociais.

Incentivo a leitura e a pesquisa.

Melhor desenvolvimento da escrita.










Nenhum comentário:

Postar um comentário